Unoesc

Notícias › Eventos

Seminário institucional do Pibid reúne cerca de 250 pessoas em Chapecó

Por: : Gabriela Volkweis Stocco gabriela.stocco@unoesc.edu.br
03 de Novembro

Experiências da iniciação à docência foram compartilhadas durante o 4º Seminário Institucional do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) realizado na Unoesc Chapecó, na última semana. Participaram do evento cerca de 250 pessoas entre acadêmicos bolsistas do Pibid/Unoesc, coordenação, supervisores do programa, professores e comunidade acadêmica em geral dos campi de Chapecó, Videira, Xanxerê, São Miguel do Oeste e Joaçaba, além das extensões e unidades da Unoesc.

A realização do seminário justifica-se pela necessidade de socializar, capacitar e atualizar as práticas dos licenciandos nas diferentes áreas do conhecimento relacionadas aos subprojetos, incentivando os bolsistas a utilizar à pesquisa e a iniciação à docência como recursos de formação técnica, ética e cidadã, bem como oportunizar a vivência de manifestações culturais.

Na abertura do evento, o pró-reitor de graduação, professor Ricardo Marcelo de Menezes, observou que o Pibid é um exemplo de responsabilidade na aplicação do dinheiro público, o qual se reverte em resultados positivos para a sociedade. Reforçou que a Unoesc tem a preocupação de, dentro das possibilidades, incentivar e contribuir para a manutenção das licenciaturas com ações que produzam impacto desde a educação básica até a superior. Menezes afirmou que a realização de atividades práticas nas escolas, futuro campo de atuação dos acadêmicos, permite uma aproximação com a realidade profissional e o desenvolvimento de uma massa crítica capaz de contribuir com a transformação de realidades. O professor ainda acrescentou que é necessário estimular os estudantes a pensar por eles mesmos e cobrar dos governos nas três esferas, mais investimentos em educação.

Para o diretor de pesquisa, pós-graduação e extensão da Unoesc Chapecó, professor Gilberto Pinzetta, a prática dos alunos das licenciaturas está em consonância com a atuação da instituição em contribuir com o desenvolvimento regional. Segundo ele, a presença dos docentes e dos estudantes das licenciaturas nas escolas resultam em mudanças de comportamento e de realidades.

A coordenadora institucional do Pibid, professora Regina Oneda Mello, falou sobre o “jeito Unoesc de fazer Pibid”, aliando teoria à prática e estabelecendo parcerias importantes em cada área de formação. Atualmente, a instituição conta com cerca de 280 pessoas envolvidas com o programa. A professora também citou as publicações científicas que são resultado das pesquisas realizadas a partir das experiências pibidianas.

PIBID

O PIBID é uma das possibilidades de articular conhecimentos desenvolvidos na Unoesc, concretizada em uma rede de cooperação com escolas públicas de educação básica, criando oportunidades singulares de capacitação de professores. Desenvolvido pela Capes e universidades parceiras, o programa tem como finalidade fomentar a iniciação à docência, contribuindo para o aperfeiçoamento da formação de docentes e para a melhoria da qualidade da educação básica pública brasileira.

De acordo com a coordenadora, através do desenvolvimento destas atividades pretende-se, além do ensino, por meio da socialização dos subprojetos, possibilitar integração entre os bolsistas do Pibid, valorizando o conhecimento dos cursos e a valorização dos trabalhos realizadas nas escolas de educação básica conveniadas e nas oficinas de capacitação docente.